Probiótico LcS na resposta imunológica

• Conteúdos Semanais | L. Shirota

Resposta imunológica de adultos saudáveis

Escrito por: Adenilde Bringel

Pesquisadores do Reino Unido desenvolveram um estudo com 14 indivíduos saudáveis (seis homens e oito mulheres) para avaliar o benefício da ingestão do probiótico Lactobacillus casei Shirota (LcS) na resposta imunológica. Os voluntários foram convidados a ingerir dois frascos de 65ml do leite fermentado Yakult Light diariamente, no café da manhã, durante quatro semanas. Após um intervalo de seis semanas entre as semanas 4 e 10, houve a retomada da ingestão do probiótico por mais quatro semanas.

Outros quatro voluntários (dois homens e duas mulheres) que atenderam aos critérios do estudo foram usados ​​como controles para marcadores imunológicos – sem o consumo do probiótico. Um diário alimentar de três dias – incluindo um dia de fim de semana – foi utilizado para avaliar a ingestão alimentar de cada participante.

A ingestão de vitaminas A, C, E, zinco, ferro, selênio e cobre estava de acordo com as recomendações de ingestão de nutrientes de referência do Reino Unido, assim como os macronutrientes, por exemplo, proteínas, carboidratos, gorduras e energia. “A importância de ingerir dois frascos todos os dias foi enfatizada aos participantes no início do estudo”, detalham os autores.

Resultados

A conclusão dos autores é que, em adultos saudáveis, a ingestão de uma bebida probiótica contendo LcS aumentou a expressão do marcador de ativação CD69 nas células T circulantes e nas células NK, que são importantes na vigilância imunológica fisiológica, na lise (processo de destruição ou dissolução) de células infectadas por vírus e de células tumorais. De acordo com os autores, o aumento dos marcadores de ativação celular na semana 10 mostra que, mesmo após a suspensão do LcS, há manutenção do estado de ativação dessas células do sistema imune por pelo menos seis semanas.

Além disso, o aumento em alguns dos marcadores imunológicos acima das 14 semanas indica que houve um efeito de reforço secundário do LcS. Os cientistas afirmam que as descobertas são significativas para a imunovigilância. Dessa forma, é possível sugerir um benefício do probiótico LcS na resposta imunológica. O estudo ‘immune response of healthy adults to the ingested probiotic Lactobacillus casei Shirota’ foi publicado em 2016 no Scandinavian Journal of Immunology – doi.org/10.1111/sji.12495.

Outras comprovações 

Inúmeros estudos de intervenção em humanos já demonstraram que certos probióticos aumentam a imunidade inata, incluindo a atividade das células NK. Experimentos conseguiram indicar, por exemplo, que o Lactobacillus casei Shirota desempenha importante papel na manutenção do balanço imunológico através da influência das respostas imunes intestinais. Por meio de suas paredes celulares, o LcS estimula os macrófagos, fazendo com que essas células do sistema imune fiquem mais alertas a qualquer anormalidade, tornando mais rápida e eficiente a produção de respostas às invasões de bactérias patogênicas.

DIREITOS RESERVADOS ®
Proibida a reprodução total ou parcial sem prévia autorização da Companhia de Imprensa e da Yakult.

Matérias da Edição

• Mais sobre Conteúdos Semanais