• Matérias da Edição

| Destaque

Yakult Brasil chega aos 55 anos

Escrito por: Adenilde Bringel

A história da Yakult no Brasil começou em 1966 com a chegada de quatro jovens representantes da empresa, que vieram ao País com a incumbência de instalar a primeira filial da multinacional japonesa fora da Ásia. Algum tempo depois, encontraram em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, as condições que procuravam para a implantação da fábrica, que seria a terceira unidade da Yakult no mundo. Depois da aquisição de terreno de 405 mil m2 em área preservada de Mata Atlântica, dos quais a fábrica ocupou apenas 3%, os representantes da Yakult iniciaram as tratativas para iniciar a construção. A unidade brasileira foi inaugurada em 1968 pelo próprio fundador da Yakult – o médico sanitarista Minoru Shirota –, e foi pioneira em trazer o conceito de leite fermentado com lactobacilos vivos para o consumidor.

Ao comemorar 55 anos de Brasil, a empresa segue com planos de crescimento para o futuro, sempre baseada na filosofia do fundador de ‘contribuir para uma vida saudável e alegre das pessoas do mundo inteiro, com base em pesquisas contínuas da Ciência da Vida’. O presidente da Yakult do Brasil, Atsushi Nemoto, ressalta que a marca foi muito bem recebida pelos brasileiros e, ao longo desses 55 anos, conquistou o paladar e a fidelidade de muitas gerações, por isso, está presente no dia a dia de milhões de pessoas. “O Brasil nos recebeu de braços abertos há 55 anos e os consumidores se mantêm fiéis à nossa marca. Isso aumenta a nossa responsabilidade em desenvolver produtos com a mais alta qualidade”, enfatiza o executivo.

Para atender à demanda, o Complexo Industrial instalado em 1999 na cidade de Lorena, no interior de São Paulo – para onde todas as linhas de produção foram transferidas até 2013 – já passou por duas ampliações e, atualmente, está na fase de modernização e otimização das instalações e dos equipamentos, com investimento total de R$ 60 milhões. O Brasil tem uma das maiores fábricas do Grupo Yakult no mundo (em área construída) e uma das únicas a produzir todo o portfólio de produtos em um mesmo site industrial. “A empresa está fazendo um investimento considerável para mais uma importante modernização da fábrica porque confia no Brasil. Seguimos firmes no propósito de manter o nosso compromisso de produzir alimentos que fazem bem à saúde de toda a população brasileira”, acrescenta o presidente.

A Yakult do Brasil também segue fortalecendo o apoio aos mais de 4 mil comerciantes autônomos que comercializam os produtos da marca e que são uma importante força de vendas para a empresa. Para isso, investe continuamente em campanhas publicitárias e ações de marketing que visam aumentar o volume de vendas e elevar a lucratividade desses comerciantes –que mantêm fortes laços com os clientes. Outra novidade é o reforço do investimento da empresa em mídias sociais e em publicações com informações voltadas a pesquisadores, nutricionistas, médicos e outros profissionais da saúde – como a revista e o site Super Saudável. “A empresa está empenhada em expandir a divulgação das informações relacionadas a uma vida mais saudável e  os resultados de estudos científicos que demonstrem a ação benéfica do Lactobacillus casei Shirota no organismo, para que os profissionais da saúde possam conhecer melhor a cepa e, por meio desse conhecimento, ajudar seus pacientes a terem mais saúde”, destaca o executivo.

 Apoio ao esporte

Pelo segundo ano consecutivo, a Yakult do Brasil mantém o contrato de patrocínio com a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA). Com isso, a multinacional segue apoiando todas as ações da natação brasileira – incluindo os Campeonatos Brasileiros absolutos e de categoria – até junho de 2024. A empresa também mantém, desde 1999, o Centro de Treinamento/ Academia de Beisebol, em Ibiúna, no interior de São Paulo, que é a sede da Academia MLB Brasil, iniciativa conjunta da Confederação Brasileira de Beisebol e Softbol (CBBS) e da Major League Baseball (MLB), principal liga profissional de beisebol dos Estados Unidos. Vários jovens atletas brasileiros já saíram do CT da Yakult para times profissionais, especialmente nos Estados Unidos e no Japão.

Um pouco de história

Desde que o navio Kasato Maru aportou em Santos com os primeiros imigrantes japoneses, em 1908, a relação entre os dois países só se solidificou. Hoje, a comunidade nipônica no País possui cerca de 2 milhões de descendentes e é a maior do mundo fora do Japão. A história da Yakult no Brasil começou 58 anos depois da chegada dos primeiros japoneses, mas a colônia no País – que era constituída de aproximadamente 150 mil pessoas na época – ajudou muito para que os jovens representantes da empresa, recém-chegados, se sentissem mais seguros.

Como a Yakult no Japão mantém o sistema de venda domiciliar desde 1963, a filial brasileira também selecionou mulheres que quisessem desenvolver a atividade. E essa foi uma das dificuldades encontradas pelo grupo incumbido de administrar os negócios no País, pois a maioria das mulheres brasileiras não trabalhava naquela época e foi difícil encontrar senhoras que tivessem o perfil que a empresa precisava. Outra dificuldade era explicar para as donas de casa que naqueles frasquinhos de leite fermentado havia microrganismos vivos em quantidade suficiente para ajudar na saúde gastrointestinal.

No primeiro ano, a empresa já vendia cerca de 10 mil frascos por dia do leite fermentado. No ano seguinte (1969), a quantidade diária comercializada já era de quase 44 mil frascos. Hoje, a produção média é de 2 milhões de frascos por dia. Sete anos depois do lançamento, o leite fermentado começou a ser comercializado, também, no varejo. Atualmente, a marca está presente em todos os estados brasileiros.

DIREITOS RESERVADOS ®
Proibida a reprodução total ou parcial sem prévia autorização da Companhia de Imprensa e da Yakult.

Posts Recentes