• Matérias da Edição

| L. Shirota

As crianças também podem ser beneficiadas

Escrito por: Adenilde Bringel

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) indicam que cerca de 45% das mortes de crianças menores de cinco anos no mundo – que chega a mais de 1 milhão por ano – é causada pela desnutrição aguda grave. Entre outros desfechos negativos, a desnutrição infantil resulta em infecção respiratória aguda (IRA), diarreia e retardo físico e mental. A infecção respiratória aguda é a principal causa de morte na infância, sendo responsável por um terço dos óbitos que ocorrem no mundo anualmente, enquanto a diarreia é a segunda principal causa de óbitos, com cerca de 1,2 milhão de mortes de menores de cinco anos de idade devido à deterioração do estado nutricional. Já a incidência de constipação funcional em crianças varia de 0,7% a 29% nos países desenvolvidos e em desenvolvimento, com fatores de risco como estresse psicológico e distúrbios nos hábitos alimentares.

No Vietnã, apesar de muitas conquistas na prevenção da desnutrição, a taxa ainda é elevada. Para investigar os efeitos do leite fermentado contendo L. casei Shirota nos sintomas gastrointestinais, nas infecções respiratórias e no estado nutricional de crianças vietnamitas, pesquisadores de diferentes instituições daquele país realizaram um ensaio clínico controlado envolvendo 1.036 crianças com privação de nutrientes, com idades entre 3 e 5 anos, que viviam em seis comunidades em Thanh Hoa, província ao norte do Vietnã central. O experimento foi realizado por 18 semanas, consistindo em duas semanas de triagem/período pré-observacional, 12 semanas de período de intervenção e quatro de pós-intervenção. Os pesquisadores investigaram a prevalência de desnutrição e baixo peso, crescimento atrofiado, constipação, diarreia, infecção respiratória, tosse, coriza e estado econômico das famílias. Quatro comunidades foram selecionadas e divididas em grupos controle e probiótico, de acordo com os fatores investigados.

As crianças consumiram um leite fermentado com 6,5 bilhões de LcS por dia, durante 12 semanas consecutivas e, ao final do experimento, os cientistas verificaram que houve uma redução significativa na incidência de constipação, com controle da diarreia e regulação da microbiota intestinal. No grupo probiótico, a incidência de IRA também diminuiu notavelmente. Segundo os autores, o estudo foi o primeiro no Vietnã com grande número de crianças investigando múltiplos efeitos do LcS, o que poderia aumentar a universalidade do benefício do microrganismo na constipação. “O consumo habitual de leite fermentado contendo LcS preveniu constipação e IRA em crianças vietnamitas, e pode ser útil no tratamento da diarreia e para melhorar o estado nutricional, conferindo notáveis benefícios à saúde infantil”, concluíram os autores. O estudo ‘Efficacy of probiotics on digestive disorders and acute respiratory infections: a controlled clinical trial in young Vietnamese children’ foi publicado no European Journal of Clinical Nutrition em 2021 (volume 75, 513-520).

Experimento na Índia

Cientistas do Instituto Central Yakult, em colaboração com o Instituto Nacional de Cólera e Doenças Entéricas da Índia, já tinham demonstrado anteriormente que o consumo diário de leite fermentado com L. casei Shirota é eficaz para prevenção da diarreia em crianças pequenas. O estudo randomizado, duplo-cego e placebo controlado foi realizado na cidade de Calcutá, com 3.758 crianças de 1 a 5 anos de idade, da comunidade de Kolkata.

Divididas em dois grupos iguais, as crianças do grupo probiótico receberam um frasco do Leite Fermentado Yakult com L. casei Shirota todos os dias, durante 12 semanas, enquanto o grupo controle recebeu leite acidificado sem o probiótico, pelo mesmo período. Todas as crianças foram monitoradas durante as 24 semanas para identificação de casos de diarreia aguda e estado nutricional. O nível de eficácia protetora para o grupo probiótico foi de 14% (intervalo de confiança de 95%). O artigo ‘Role of probiotic in preventing acute diarrhea in children: a community-based, randomized, double-blind placebo-controlled field trial in an urban slum’ foi publicado no site científico Epidemiology and Infection, em 2011 (139: 919-926).

DIREITOS RESERVADOS ®
Proibida a reprodução total ou parcial sem prévia autorização da Companhia de Imprensa e da Yakult.

Posts Recentes

• Mais sobre Matérias da Edição